fritos na hora
AS-Whiskey

Nota do pasteleiro: 3/5

Amira e Sam (2014)

As vezes é bom ver um filme de romance bem simples, com uma história ao mesmo tempo que aposta, nos estereótipos diferentes, mas que mantém uma essência de roteiro básica. “Amira e Sam” é um longa que funciona bem assim, contando a história de um ex-veterano de guerra que não encontrou ainda o seu lugar no mundo após voltar da Guerra e uma imigrante iraniana de muita personalidade que busca uma maneira de sobreviver em uma país diferente do seu.

O longa poderia muito se apoiar somente nos conflitos religiosos ou no preconceito que existe contra os árabes, em relação aos norte-americanos, porém ele consegue ir um pouco além disso e criar uma química entre os protagonistas, Martin Starr no papel de Sam, consegue com uma atuação simples consegue entregar um personagem que realmente parece não se encaixar em lugar algum, já a desconhecida Dina Shihabi quebra os padrões que vemos das mulheres do oriente, mostradas como religiosas demais, ou amarguradas demais, para uma interpretação de uma mulher comum, que por um acaso pertence a uma religião diferente, a química dos dois atores é outro ponto muito bom na trama.

Apesar de divertido e interessante, não se engane ao achar que o filme é inovador, na verdade ele é bem simples, com um final que todo mundo sabia que ia acontecer desde o inicio, a interação dos personagens é leve e o tom é na medida certa, sem querer forçar nenhuma situação. Uma bela opção de comédia romântica que vale a pena.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 3 de maio de 2016
0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *