pingando óleo
maxresdefault

Nota do pasteleiro: 4/5

Um senhor estagiário – 2015

Todo ano o gênero mais difícil para eu indicar um filme bom é na comédia, eu tenho a impressão que faz um tempo que as pessoas que trabalham com isso se apegam a uma ideia que funcionou uma vez e começam a repetir e repetir até que ela simplesmente perde a graça e ai criam outra coisa legal e usam até desgastar.

Talvez por essa impressão que tenho desse tipo de filme resolvi assistir “Um senhor estagiário” um filme laçado sem muito alvoroço apesar de dois atores de peso no elenco, a história que poderia em outras mãos render várias piadas sem graça, é sobre um senhor aposentado, que cansado da monotonia do seu dia a dia acaba arrumando um emprego de estagiário em uma empresa que fabrica roupas femininas, por sorte ou azar ele acaba sendo escolhido para ficar junto com a chefe do local, uma mulher obcecada pelo trabalho e que não gosta de pedir ajuda.

Vamos trabalhar juntos sempres

O primeiro ponto que tenho a elogiar sobre o filme é quanto a escolha dos atores, nunca imaginei que Robert DeNiro e Anne Hathaway pudessem formar uma química tão grande, sério mesmo, fazia tempo que não via dois atores interagindo tão bem juntos, que quase nem dá para perceber que estão ali atuando, outro ponto interessante é o humor do filme, ele não é agressivo, é um tipo de comédia que se mantém no simples, e em diversos momentos consegue transitar para o drama facilmente. A direção é de Nancy Meyers que costuma se focar mais em comédias românticas como Operação Cupido e O amor não tira férias.

Recomendo muito o filme para quem é como eu que curte uma comédia com um pouco de emoção, e que não abusa muito daquele pastelão sem sentido que parece fazer parte do gênero, a única coisa que me incomodou um pouco foi o final, que acho eu, deve ter deixando especialmente as mulheres muito incomodadas, para mim fugiu um pouco do que a história estava propondo, mas foi aceitável. Para mim foi uma das melhores comédias que vi em 2015 e indico facilmente para qualquer pessoa.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 30 de março de 2016
0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *