fritos na hora

Nota do pasteleiro: /5

FRITOS NA HORA – Apollo 18

Sabe quando alguém quer ser original mas a fórmula não dá certo? Pois bem, com essa onda de falsos documentários tocando terror na galera, alguém resolveu que era hora de explorar a viagem do homem a lua, tema esse que já gera polêmica por si só, afinal já existem várias teorias na net.

Voltando ao assunto, o filme “Apollo 18” aproveita dessa neura toda para contar a história do décimo oitavo projeto do homem a lua. A ideia é até que boa, afinal só foram 17 missões da Nasa e essa última viagem perdida seria a ovelha negra da história e o grande motivo de não existir mais missões para Lua.

Na minha opinião o que quebra o filme é exatamente a impossibilidade e a encheção que as transmissões espaço/terra permitem, pois a filmagem é péssima e os sons são horríveis. Eu assisti dublado e acho que quiseram respeitar ao máximo a versão americana, então de fato parecia uma transmissão mesmo, com direito a chiados durante todo o filme, que além de não acrescentar nada, davam aflição e a sensação péssima de que a televisão estava com problema. Antes que algum esperto diga que essa era a intenção do filme, então já aviso: como posso me chocar ou mesmo ficar com medo quando nem estou entendendo o que estão falando? E ao contrário de outros filmes, prestar a atenção é importante para entender a história aqui.

No final, a sensação que me deixou é de que a trama poderia ser melhor, mas o formato que foi contado acabou complicando tudo, e ainda acho que se queriam fazer uma coisa com som cortando e imagem ruim, a presença de alienígenas maiores poderia funcionar melhor, dando mais impacto. Eu não recomendo a não ser que goste de ficar ouvindo chiado e vendo imagens escuras.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 28 de outubro de 2011
0 comentários
SUCOS DO RODRIGO

Nota do pasteleiro: /5

SUCOS DO RODRIGO – Um gênio acima de qualquer briga.

O Oasis foi responsável por algo que poucos conseguiram nos anos 90, que foi de provocar a discórdia e a raiva generalizada.

De um lado os que odiavam pelo simples fato dos irmãos Gallagher serem arrogantes (para mim o argumento mais vazio que existe) ou por “copiarem” os Beatles, mas antes uma banda que xeroca o quarteto de Liverpool do que as atuais que tem na sua principal influência o punk pop, correto?

Com o fim da banda a agonia dos detratores piorou, pois invés de um disco nas lojas agora temos 2 com o Beady Eye e a carreira solo do Noel Gallagher.

Se Liam caminhou para o rock n roll em sua mais pura versão o “Big Brother” foi no rock pop.

Músicas com cheiro de The Style Council, Paul Weller e psicodelia dos anos 60 transbordam por Noel Gallagher´s High Flying Birds.

Everybody´s on the Run já vem com selo para ser cantada em estádios, coisa corriqueira nas músicas do Sr.Gallagher.

Para trazer aquele tipo rock britânico carregado de melodias Noel entrega Dream On e (I wanna Live in A dream in my) Record Machine, a última que é um lado B do Oasis e assim prezado leitor fica difícil não sair cantarolando.

Para não ficar no mesmo lugar dá lhe naipe de sopros na soberba The Death of you and me e um tom quase de Kasabian na boa Aka…What A Life.

(Stranded on) The wrong beach é só um sinal que Noel não abandonou nem vai abandonar o rock, pois ele é fruto da rebeldia de Madchester!

Com o disco solo Noel Gallagher prova de todas as maneiras que é um gênio acima do bem e do mal no rock inglês.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 27 de outubro de 2011
0 comentários
fritos na hora

Nota do pasteleiro: /5

FRITOS NA HORA – Recém Formada

Uma comédia bem água com açúcar. Essa é a melhor definição do longa com Alexis Bledel, que nesse filme parece que continua na personagem de Gilmore Girls. O elenco é recheado de atores de filmes de 2º escalão como o decadente Michael Keaton, a agora famosa integrante do Glee Jane Lynch, além do brasileiro Rodrigo Santoro, que adivinhem? Faz um brasileiro no filme.

Bem, a trama é bem simples, uma jovem chamada Ryden Malby (Alexis Bledel) busca de todas as formas uma chance no mercado de trabalho após se formar. Como se não bastasse a busca por uma oportunidade, ela ainda tem que conviver com a sua estranha família, seu eterno amigo apaixonado e um vizinho misterioso.

A minha primeira visão é que “Recém Formada” é uma especie de Diabo Veste Prada versão bem fraquinha, sem sexo, sem o humor ácido e sem a Meryl Streep, o que acaba sobrando então? Bem, sobra um filme bem bobinho de uma menina que busca ser independente mas que no final só busca um grande amor. Já viu esse plot? Eu também.

Só para quem ficou curioso a participação do Santoro é muito curta como em todos os filmes que ele faz, e a citação ao Brasil fica por conta de uma camisa do Rio de Janeiro, piadas com Pelé e ele falando português e fazendo embaixadinhas, sinceramente achei bem dispensável.

“Recém Formada” não é um filme que vai te surpreender, te fazer chorar, rir ou se emocionar. É só mais um clichê desses que você já viu várias vezes, e que nunca se cansa.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 26 de outubro de 2011
0 comentários
PASTEL DE BANANA

Nota do pasteleiro: /5

PASTEL DE BANANA – Clint Eastwood

O filme “Every Which Way But Loose” é antigo, e o nome “Pastel de Banana” não poderia ser mais adequado para a situação, afinal não é todo dia que se vê Clint Eastwood, o clássico durão do Velho Oeste, policial implacável e diretor premiado atuando com um macaco.

Não bastasse isso, a tradução do nome do filme no Brasil foi péssima “Doido para Brigar…Louco para Amar”. Provavelmente não é um título muito atraente, além de extremamente extenso. A trama do filme é ainda mais bagunçada e foca em Philo Beddoe (Clint Eastwood), um motorista de caminhão aficionado por brigas de rua e que tem como mascote um organtango chamado Clyde.O filme tem diversas cenas inusitadas, mas com certeza só a presença do Sr. Eastwoood com aquela cara de policial estressado andando com um macaco no colo já caracteriza um tremendo mico, creio que é o máximo que podemos ver do Clint em uma comédia.

Concordam que foi um mico? Alguém se lembra desse filme ou é novidade para você? Me lembro dele passando no SBT algumas vezes.

Postado por: Fábio Campos
Frito em
0 comentários
fritos na hora

Nota do pasteleiro: /5

FRITOS NA HORA – Hell Ride

Quando se escreve o roteiro de um filme deve-se primeiro pensar na história, depois na forma que ela vai ser contada e por fim nos atores que irão fazê-la. Pois bem, “Hell Ride” simplesmente não se preocupa com isso, o diretor e escritor Larry Bishop, resolveu convidar os amigos para fazer um filme, chamou o Tarantino para produzir aí parou e pensou: Putz, não tenho um roteiro e agora? A solução foi apelar.

A história ou melhor, o fiapo de história que ela tem, é a clássica trama de vingança e acompanha a saga do motoqueiro Pistoleiro (Larry Bishop) e seus amigos Comanche (Eric Balfour) e Gent (Michael Madsen) em busca do troco contra a gangue dos 666ers.

Muita gente que está lendo isso deve achar que eu estou sendo precipitado, afinal eu disse a sinopse logo acima. Pois bem, só que a trama é tão confusa que você fica perdido em diversos momentos, o personagem de Vinnie Jones e David Carradine que deveriam ser os vilões da história, você mal entende aonde se encaixam na história. O que parece em alguns momentos é que o Larry Bishop tava meio alto de ácido e começou a viajar na história, isso até que é legal em alguns momentos, porém em outros cansa.

O destaque para mim são as participações do agora falecido David Carradine (parece que reprisa seu personagem de Kill Bill) e Denis Hooper. Além disso a escolha do cast feminino do longa deve ter sido muito interessante, pois o que não falta são mulheres bonitas, gostosas e atraentes. Algumas cenas de sedução são extremamente gratuitas, como a realizada na mesa de bilhar, mas que se dane, pelo menos o tiozão Larry Bishop ganhou um agrado.

A minha sugestão é que se você quer ver um filme com sangue e mulheres nuas, sem nenhum contexto esse é seu filme. Só não espere encontrar algo extraído da mente do Tarantino, pois semelhante são só alguns atores e a fotografia.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 25 de outubro de 2011
0 comentários
fritos na hora

Nota do pasteleiro: /5

FRITOS NA HORA..- Gigantes de Aço

Gigantes de Aço é um daqueles filmes que utiliza a fórmula das grandes aventuras antigas, misturando ação e drama de maneira tocante, sem cair no ridículo. Creio que esse seja um dos grandes méritos desse longa e o motivo pelo qual listo com “Planeta dos Macacos: A origem” como os melhores blockbusters do verão americano.

A história do filme é bem simples, com um toque de clichê, afinal hoje em dia sair do comum de fato está complicado. Conta sobre Charlie Kenton (Hugh Jackman), um ex-boxeador que após não poder mais lutar resolve partir para a luta de robôs. Após uma derrota ele é surpreendido quando acaba tendo que cuidar do seu filho Max (Dakota Goyo). Um adendo aqui: repararam que nos filmes a maioria das crianças são Max ou Alex e a relação entre pai e filho é distante porém um robô diferente acaba os aproximando?

Sobre os efeitos do filme só tenho a elogiar, pois conseguiram de maneira muito segura e com muita emoção transmitir as sensações de combate, situação diferente por exemplo do que ocorre na trilogia “Transformers“. Quanto a história não existe muita inovação é um apanhado de outros filmes como “Rocky” e “Falcão – O Campeão dos Campeões” curiosamente ambos estrelados pelo Stallone, porém nada disso chega de fato a prejudicar o filme.

No elenco temos Hugh Jackman, que apesar de não ser um ator fenomenal consegue se sair bem no papel, porém o destaque do filme fica por conta de Dakota Goyo, que consegue fazer o papel de criança/adolescente de maneira tocante. Vale destacar que o filme também conta com Evangeline Lilly e Kevin Durand, ambos de Lost.

A minha sugestão é que você vá ao cinema conferir esse filme, podendo levar toda sua família, afinal não existe muita apelação (mulheres seminuas por exemplo) e tanto os combates como a trama são muito bons. No final você ainda ganha uma lição de moral como brinde.

Postado por: Fábio Campos
Frito em
0 comentários
fritos na hora

Nota do pasteleiro: /5

FRITOS NA HORA – E o vento levou

E o Vento Levou” é um dos filmes mais clássicos e mais premiados de Hollywood, que eu nunca tinha visto, embora estivesse na minha lista dos grandes que precisava ver. Sempre tive receio em vê-lo devido a sua extensão e também por uma certa ilusão de uma história pouco atrativa, ainda com um enredo que parecia muito chato.

A história do filme acompanha a saga de Scarlett O’Hara , uma menina rica e mimada que passa por diversas situações em sua vida, enquanto busca o amor de um homem casado com sua melhor amiga.

A minha ilusão sobre o longa foi caindo aos poucos, quando fui conhecendo um pouco a personalidade de Scarlett O’Hara (Vivien Leigh), uma mulher independente e muito ousada para época. Afinal, estamos falando de um filme exibido em 1939, e que era ambientado durante a Guerra Civil Americana, tornando no mínimo audaciosa a postura de mulher que faz tudo para ter o que quer. A protagonista é surpreendente, para se ter uma noção ela manipula diversos homens, engana vários, trai irmãs, amigas e os maridos, além disso em certo ponto chega a praticamente a insinuar que ofereceria o corpo em troca de dinheiro, o que na minha visão a torna extremamente interessante, exatamente por ter esse foco tão estranho a época.

Os outros protagonistas já estão dentro do comum da época. Temos o galante e cafajeste de bom coração Rhett Butler interpretado de maneira muito eficaz por Clark Gable, o certinho e disputado Ashley Wilkes (Leslie Howard) e mulher de coração puro Melanie Hamilton Wilkes (Olivia de Havilland).

O filme é longo, porém para mim não pareceu cansativo, com cortes de câmera muito bons e um roteiro que mostra realmente a necessidade das quase 4 horas de duração, afinal podemos desta forma construir de forma eficaz um retrato de todos os personagens envolvidos na trama o que torna tudo mais real e cativante.

As maiores falhas do filme são a de se basear em um relato superficial sobre o tratamento com os escravos. Em “E o Vento Levou” somos levados a crer que ser escravo era uma coisa comum, até mesmo o tratamento dado aos personagens negros e de um afeto incomum a época. Um claro exemplo de que a linguagem do filme era superficial foi o tratamento dado a premiada Hattie McDaniel, que interpreta a personagem Mammy. Ela ganhou o Oscar de atriz coadjuvante por sua participação no filme, mas não pode ir a cerimônia por sua cor, além disso não teve seu desejo de ser enterrada no Cemitério de Hollywood pelo mesmo motivo.

Apesar de suas pequenas falhas, “E o Vento Levou” é um clássico e merece ser visto e revisto por todos os admiradores do cinema. Porém, adianto, não espere uma história de amor melosa, afinal aqui a linguagem é mais real e nem sempre a felicidade está por aqui como a frase final e clássica do filme nos demonstra.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 24 de outubro de 2011
0 comentários
TOP PASTEL

Nota do pasteleiro: /5

TOP PASTEL – Tipos estranhos que podem te matar nos filmes

O post sobre as coisas que podem te matar nos filmes deu muito o que falar e sinceramente foi um dos meus preferidos, pensando nisso resolvi criar um post para continuar aquela lista com mais 10 tipos estranhos que podem te matar nos filmes. Então peço a vocês que puxem uma cadeira sentem e desfrutem. Só tomem cuidado afinal, se na última lista você ficou com fobia de camisinhas, perus, bonecos de gengibre, novos temores te aguardam.

1. Papai Noel Demoníaco (Uma Noite de Fúria)

Nesse filme comédia, o Papai Noel na verdade é um demônio que perdeu uma aposta e tem que se comportar por 1.000 anos. Agora, esse prazo esgotou e o velhinho volta a distribuir “presentes” para os bons e maus meninos. Me digam, o que poderia ser mais ridículo do que utilizar um Papai Noel como demônio em um filme de terror? Acho que foi dai que tiraram aquele episódio do Futurama.

2. Palhaços Assassinos de Marte – (Killer Klowns from Outer Space)

Esse aqui, pode ser que alguns de vocês conheça. Um clássico do cultuado Cine Trash, é sobre um grupo de aliens que invade a Terra, até ai tudo bem, o foda é que além de aliens eles também são palhaços. Acho que a ideia foi juntar o pavor que o pessoal tem dos personagens de circo, com o medo de extra terrestres. Acabou saindo isso, da lista esse é um dos únicos que tenta ser um terror mais sério.

3. Pastores Alienígenas – (Invasion of the Space Preachers)

Você já acordou de manhã com algum Testemunha de Jeová batendo na sua casa? Ou mesmo se pegou preso em um canal religioso e lutou desesperadamente para encontrar o controle remoto? Agora pense em uma invasão em larga escala de todos os religiosos mais temíveis do mundo. Aí está o filme ideal para quem quer se sentir vingado de ser acordado no sábado pela manhã.

4. Maconheiros Zumbis – (Pot Zombies)

Drogas não levam a nada, certo? Imaginem o prejuízo de um baseado radioativo, a que viagem ele pode deixar quem fuma. Pois bem, nesse filme está a explicação: eles simplesmente viram zumbis. Coloque num filme um bando de maconheiros assassinos correndo atrás de pessoas desesperadas e temos um roteiro, foi isso o que muita gente acreditou.

5. O bebê de plutônio – (Plutonium Baby)

Existe um filme clássico chamado “Vingador Tóxico”, para quem não conhece vale a dica. Esse terror/comédia é muito ruim, mas vale pela diversão. Pois bem, esse filme virou cult e muitos tentaram se aproveitar do “talento” dele para criar versões alternativas. Aprecie as cenas do filme Bebê de Plutônio.

6. O Nerd Assassino – (Killer Nerd)

Bullyng é dose. Esse filme retrata a vingança Nerd, porém é praticamente a versão terror do Hermes e Renato. Reparem que o “ator” do personagem principal é a versão americana do nosso querido Boça, com direito a dancinha no trailer e tudo. Vale conferir!

7. Mulheres Abelha – (Invasion of the Bee Girls)

Homens inseto com um aspecto gosmento se tornam um tema comum comparado a essa pérola de 1973. O filme conta a história sobre mulheres abelha, e querem saber qual a semelhança entre elas e os insetos listrados? Elas matam os machos de exaustão sexual. Haja viagra!

8. Surfistas Nazistas – (Surf Nazis Must Die)

Do contrário de surfistas, nazistas são ótimos estereótipos de vilões, mas imaginem juntar em uma única história essas duas personalidades bem diferentes. Pois bem, alguém realmente resolveu apostar nesse tema original e o resultado é essa trasheira. O melhor é a heroína que mais parece uma versão americanizada da Tia Anastácia.

9. Caipiras Zumbis – (Redneck Zombies)

Após um acidente muito idiota um bando de caipiras acaba tomando uma sopa misturada com lixo tóxico, deve ser tipo uma versão alternativa do famoso chá de pilha. Enfim, eles não percebem o peculiar sabor do lixo tóxico e de repente se tornam temíveis caipiras comedores de gentes. Delicie-se com esse banquete trash.

10. Mulheres Canibais – (Cannibal Girls)

Mulheres sempre usam seu charme para conquistar os homens, isso já rendeu vários filmes sobre femelle fatales, porém todas as mortes tinham uma explicação razoável. Pois bem, nesse filme, a única razão que fazem elas matar é a fome de um paladar refinado, aposto que o tal Sr. Lector passaria ótimas receitas para elas.

Postado por: Fábio Campos
Frito em 21 de outubro de 2011
0 comentários
doces da marina

Nota do pasteleiro: /5

DOCES DA MARINA – Amor a Toda Prova

Reúna um elenco de primeira, adicione humor inteligente, romance e surpresas. Deixe o clichê e a ‘água com açúcar’ distante. O resultado? ‘Amor a toda prova’.

A mais nova comédia romântica estadunidense investe em outro lado de Steve Carell, não no humorista exagerado e caricato que o consagrou. Podemos conhecer o lado mais, digamos, discreto e romântico do ator, onde, sem caras e bocas, consegue tirar gargalhadas genuínas do telespectador.

Carell interpreta Cal, um recém divorciado que, inesperadamente, recebe a ajuda de Jacob (Ryan Gosling), um solteirão milionário que vê no personagem um desafio e, para recuperar a masculinidade de Cal, lhe dá conselhos valiosos e experientes. As cenas da ‘união’ dos dois são com certeza algumas das mais engraçadas do filme.

Ryan Gosling e Emma Stone, atores relativamente novos se comparados com Carell e Julianne Moore, surpreendem e mostram seu potencial. Eu nunca havia assistido a faceta mais leve de Ryan, apenas a dramática (para a review de Blue Valentine), e ele se encaixa perfeitamente, sem precisar forçar a barra para ser engraçado.

Emma, veterana das comédias, também brilhou. Só gostaria que ela tivesse um pouco mais de destaque, pois ela é realmente uma das melhores atrizes da sua geração. Não é a toa que ambos estão com a agenda repleta de novos filmes e projetos para os próximos anos. Vale à pena ficar de olho.

O filme, que incentiva as pessoas a não desistirem do amor, da alma gêmea, é completo, não decepciona e ainda surpreende. Pessoalmente falando, eu amei ‘Amor a toda prova’ e já se tornou um dos meus favoritos. Para você que gosta de uma boa comédia, ou de um bom romance, mergulhe nesse filme sem medo, pois há doses perfeitas de ambos.

Postado por: Fábio Campos
Frito em
0 comentários
Lançamento de DVDS

Nota do pasteleiro: /5

LANÇAMENTOS DE DVDS NA PASTELARIA FILMES

Boa Tarde pessoal confiram os lançamentos de DVDs dessa semana, com um oferecimento da DVD Sorocaba.

UM ATO DE MISERICÓRDIA

Sinopse
A emocionante trajetória de Don Gnocchi, um padre italiano que trabalhou heroicamente em prol dos soldados feridos e mortos na II Guerra Mundial. Depois de presenciar os horrores da guerra e milagrosamente escapar da morte, ele inicia uma fundação para as muitas crianças que foram vítimas da guerra. Este filme fala de seu trabalho com os estudantes, os soldados e as crianças. Seu legado continua até hoje na Fundação Don Carlo Gnocchi que presta assistência médica a milhares de pacientes em mais de 75 hospitais e clínicas na Europa.

ZHU ZHU PETS – A GRANDE AVENTURA DE ZHU

Sinopse
Junte-se à mal-humorada, mas totalmente adorável Pipsqueak e Mr. Squiggels e, juntos, embarcam em uma fantástica jornada através da selva Amazhum, repleta de Zhus selvagens, como a perigosa e excêntrica ApeHam. Além da neve traiçoeira e das geladas montanhas, os amigos enfrentam ferozes Zhurasics, um Hamster Dente-de-Sabre e um abominável Hamster gigante. Finalmente nosso quatro jovens chegam ao palácio Zhu, acreditando que sua viagem havia terminado, mas ela está apenas começando. Mezhusa, uma horripilante e democrática cobra conquista o palácio e escraviza todos os Hamsters, incluindo o grande mestre Zhu Fu. Usando inteligência e combinando habilidades, Pipsqueak, Chunk, Num nums e Mr Squiggles irão revelar-se verdadeiros heróis Zhu e salvarão o dia. No final, Pipsqueak descobre que ela já tem tudo o que ela sempre sonhou e o que realmente quer apenas encontrar o caminho de volta para casa.

ALTITUDE

Sinopse
Depois que uma misteriosa falha técnica deixa seu pequeno avião fora de controle, um jovem piloto e seus quatro amigos adolescentes se veem presos num embate mortal com uma força sobrenatural assustadora.

SUPERNATURAL – 6ª TEMPORADA COMPLETA

Sinopse
Os irmãos Sam e Dean Winchester viajam pelas cidades dos Estados Unidos em um impala preto, investigando acontecimentos sobrenaturais, e caçando criaturas fantasmagóricas, demoníacas e vampirescas. Nesta temporada,a passagem para libertação de Lúcifer é aberta, e surge uma grande luz onde escorreu o sangue do último selo. Dean e Sam se desesperam, tentam fugir mas a porta é trancada. Eles estão presos e não têm como fugir, já que começou o apocalipse.

THE WALKING DEAD – 1ª TEMPORADA COMPLETA

Sinopse
O mundo vive momentos de caos, quando o xerife Rick Grimes acorda, depois de semanas em coma num hospital. Mal sabe ele que nada mais é como costumava ser. Assustadoramente, o improvável acontece e o apocalipse chegou com uma assustadora invasão de mortos vivos. The Walking Dead conta exatamente o que acontece com os humanos que sobreviveram a isso tudo e prosseguem lutando contra essas perigosas criaturas.

THE VAMPIRE DIARIES – 2ª TEMPORADA

Sinopse
Os irmãos Stefan e Damon Salvatore lutaram pelo amor de Elena, mas as coisas ficaram ainda mais complicadas. No final da primeira temporada vivenciamos ao lado deles uma das piores noites de Mystic Falls com a volta da vingativa Katherine, a overdose de Jeremy e o acidente de Tyler, Matt e Caroline. Agora, a presença de Katherine complicará ainda mais o triângulo amoroso, e os moradores de Mystic Falls terão que encarar um perigo novo e ameçador. Novas amizades e alianças se concretizarão, antigos aliados se tornarão inimigos e vários corações ficarão despedaçados. Stefan e Damon ainda terão que enfrentrar um inimigo muito mais forte do que jamais poderiam imaginar. Também o aparecimento do vampiro Original,Klaus,que quer de qualquer jeito a morte de Elena,o sacrifício final que Stefan tem que enfrentar e finalmente o beijo (verdadeiro) e o possível novo romance entre Elena e Damon.

Gostaram? Querem alugar algum filme? Entrem no site http://dvdsorocaba.net/ ou vão a locadora na rua Antônio Fausto 214, Vila Fiori – Fone: 3231-7924

Postado por: Fábio Campos
Frito em
0 comentários